quarta-feira, 1 de abril de 2020

Neuropsicopedagoga Lidiane Leite dá dicas na rádio Trianon Am



A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite, deu uma entrevista na Rádio Trianon AM, dentro do programa “Metrópole em Foco", apresentado pelo meu amigo Jornalista Pedro Nastri. 

A especialista deu dicas para os pais de como agir e o que fazer com as crianças na pandemia. Disse também que o momento exige calma, resiliência e serenidade. Ela explicou que os pais precisam ter calma, paciência e serenidade para não assustar as crianças e poder direcionar elas para o melhor caminho. 

Durante a entrevista, Lidiane deu dicas para lidar com as crianças no isolamento social ensinou brincadeiras, indicou brinquedos e sugeriu atividades em família. 

Lidiane alertou os problemas de saúde e de aprendizagem que as crianças estão tendo por causa do uso em excesso do celular.

A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite finalizou dizendo que considera importante nesse momento enaltecer os laços familiares com momentos em família. 

"Eu adorei participar do programa. Foi uma alegria enorme conversar com Pedro Nastri. Ele é um grande amigo. Tenho pelo Pedro Nastri uma enorme admiração e respeito. Para quem não conseguiu escutar a entrevista, disponibilizamos o áudio. Abraços para todos "

segunda-feira, 2 de março de 2020

Lidiane Leite se matriculou no Isntituto Grupo Eficiente

Oi gente,

Hoje assinei o contrato aqui no Instituto Grupo Eficiente, paguei o boleto e fiz a minha matrícula.

Muito feliz não vejo a hora de começar as aulas. Viva !!!

Agora além de ser Neuropsicopedagoga se Deus quiser e permitir vou ser também psicomotricista.

Tenho certeza que essa especialização vai agregar e aperfeiçoar muito o meu trabalho. Sei que irei cada vez mais  me tornar uma profissional competente e criteriosa. 

Sigo meu caminho, com respeito, profissionalismo, ternura e dentro dos princípios éticos da minha profissão.

Um grande abraço para todos.


sábado, 15 de fevereiro de 2020

Neuropsicopedagoga Lidiane Leite concede entrevista ao vivo na Rádio Cidade Jundiai

A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite, concedeu nesta sexta-feira (14), entrevista à Rádio Cidade Jundiaí, dentro do programa “Show e Cia", apresentado pelo Radialista Paulinho Mauricio. A especialista falou que o sono é uma etapa crucial no processo de aprendizagem, já que o cérebro durante a noite faz uma reorganização interna. 

Durante a entrevista, Lidiane explicou sobre o processo de consolidação da memória que ocorre no Sono REN e também que a luz do celular antes de dormir interrompe a produção de melatonina, o hormônio responsável pelo sono.

Neurpsicopedagoga Lidiane Leite respondeu ao vivo a várias perguntas do Paulinho e ressaltou que muitas crianças estão recebendo diagnóstico de Transtorno de Déficit de Atenção só que na verdade muitas delas estão com privação de sono.  Repetiu várias vezes que nem sempre a falta de atenção é um transtorno. Muitas vezes as funções cognitivas e executivas estão sendo prejudicadas  pelo sono inadequado, pela fome e também pelo stress.

A especialista recomendou a todos os ouvintes procurarem um otorrino para verificar a respiração e solicitar uma polissonografia. Dessa maneira, a criança pode dar uma guinada de 180º. Os pais precisam saber se a criança está respirando pelo nariz corretamente e se ela durante a noite está passando por todas as fases do sono e conseguindo desta maneira gravar o que aprendeu durante o dia.

A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite finalizou dizendo que considera a privação do sono um dos grandes problemas do nosso século.


Clique aqui, e ouça a primeira parte da entrevista.

Clique Aqui, e ouça a segunda parte da entrevista.

Clique aqui, e ouça a terceira parte da entrevista.

Clique Aqui, e ouça a quarta parte da entrevista.


sábado, 1 de fevereiro de 2020

Lidiane Leite vai estudar em 2020 psicomotricidade

Oi gente

A pós acabou. Mas nunca podemos parar de se aperfeiçoar., por isso decidi que não vou parar de estudar.

É com muita alegria e felicidade que irei fazer uma nova pós no Instituto Grupo Eficiente. .

Pós-Graduação Em Psicomotricidade - Polo Campo Belo

Vão ser dois anos novamente estudando e me aperfeiçoando para atender melhor as crianças e adolescentes.

Adorei a grade o curso e amei saber os nomes dos meus professores.

Agora é trabalhar pra poder pagar o boleto e me matricular.



Com certeza vou ter aulas incríveis com:

  • Prof. Dr. Rubens Wajnsztejn (Neurologista) – FMABC;
  • Prof. Ms. Silvia Baltieri (Psicomotricista) – FMABC;
  • Prof. Dr. Miguel Angelo Boarati;
  • Profa. Ms. Lilian Chateau (Fisioterapeuta, Psicomotricista);
  • Prof. Dr. Dráuzio Viegas (Pediatra) – FMABC;
  • Prof. Dr. Fernando Nório Arita (Neuropediatra) – Santa Casa SP;
  • Profa. Dra. Marlene Busetti (Neuroanatomia) – FMABC;
  • Profa. Ms. Daniella Pereira Robbi (Psicopedagoga);
  • Prof. Esp. Amanda Fernaine Drager (Terapeuta Ocupacional);
  • Dra. Tais Schiavinato Chiarinelli (Fisioterapeuta, Psicomotricista);

sábado, 18 de janeiro de 2020

Lidiane Leite está feliz com seu trabalho e com sua nova formação.


Estou muito feliz de estar formada, ter meu carimbo e dizer que hoje eu sou uma neuropsicopedagoga. Faço o meu trabalho com respeito, ternura e dentro dos princípios éticos da nossa profissão.

Concordo com o trecho do livro da Fátima Ap. Gonçalves, “Na infância contemporânea, a criança faz menor uso do seu corpo em explorações no espaço e na manipulação de objetos no seu entorno social. Em contrapartida a isto, os currículos escolares propõe o início da escrita bastão e cursiva cada vez mais cedo, normalmente em uma fase em que as crianças ainda não estão com a maturidade neuropsicomotora desenvolvida para tal”. 

Continuarei o meu trabalho com esses pilares:
RESPEITO e ÉTICA
TRANSPARÊNCIA  e AMOR
DEDICAÇÃO e COMPROMETIMENTO
PACIÊNCIA e POSITIVIDADE 
HONESTIDADE e PROFISSIONALISMO
COMPETÊNCIA e CREDIBILIDADE

sábado, 4 de janeiro de 2020

Neuropsicopedagoga Lidiane Lite termina o curso na UNIP


Parafraseando a frase do Stanislas Dehaene, “a neurociência deve ir para a sala de aula”, apesar de concordar com ele, acrescento nessa frase os consultórios dos profissionais da área da saúde também. Quem faz avaliação precisa estudar e saber como funciona o sistema nervoso e como ele processa e armazena as informações. Sem esse conhecimento, não é possível obter uma avaliação correta e realizar uma intervenção adequada e funcional.
            O grande segredo para o sucesso da nossa avaliação clinica na UNIP foi que estávamos preparadas, não ficamos presas na queixa e ficamos atentas aos sinais. Desta maneira, conseguimos descobrir as verdadeiras alterações e pudemos fazer intervenções no problema e não nos sintomas.
            A Neurocientista Adele Diamond fala nos congressos e nas revistas que: “Funções executivas cerebrais são habilidades essenciais para a saúde mental e física e para o desenvolvimento cognitivo, social e psicológico.” Segundo ela, as funções executivas ficam prejudicadas se a pessoa estiver estressada, triste, solitária, privada de sono, ou fora de forma.
            Nosso paciente era sozinho, sofria bullying, não dormia bem e não se alimentava direito. Mostramos para a família que essa realidade precisa mudar para que ele possa se desenvolver e crescer. Durante as férias recomendamos a família para continuar as intervenções estimulando ele através dos aplicativos do celular indicado por nós, fazer o tratamento da cabine, mudar de escola e melhorar essa rotina dele.           
            Termino feliz, realizada e com sentimento de missão cumprida. Não tem preço ver o sorriso do paciente e a felicidade da avó na última sessão. Não tenho palavras para descrever a minha alegria de acompanhar a evolução dele. Finalizo aqui dizendo: Eu amo o que faço e faço com amor, ética e ternura.         
                                                                                                

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019