sábado, 11 de maio de 2019

Lidiane leite recebe carteirinha da SBNPp 4466




Fiquei muito feliz de ter a minha carteirinha e fazer parte da Sociedade Brasileia de Neuropsicopedagogia .

Estar terminando o curso e já ter esse documento me faz ter a certeza de estar no caminho certo.


Sempre fui ética e seguirei o meu código de ética e vou honrar essa sociedade com toda minha competência e honestidade..







sábado, 27 de abril de 2019

Curso da Psicopedagoga Simaia Sampaio

Foi a maior honra assistir nesse final de semana o curso da querida psicóloga e psicopedagoga Simaia Sampaio.

Não poderia deixar de ir e aprender com elas novos jogos e brincadeiras para usar na clínica.

Fazer novas amigas, ter mais conhecimento e principalmente ver de pertinho ela não tem preço. 

Obrigada por compartilhar comigo e com as meninas um pouco de sua sabedoria.

Agora é esperar o próximo curso.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Os sistemas sensoriais e a aprendizagem da Roberta Barabas

Estava esperando faz tempo assistir um curso voltado para o sistema sensorial. E quando soube que a Prof. Roberta ia dar, fiz a inscrição na hora.

O primeiro degrau do processo de aprendizagem é ter um bom desenvolvimento do sistema sensorial. Acredito que experimentar e sentir é aprender.

Roberta Barabas é uma excelente professora que sempre nos ajuda a crescer e evoluir na esfera pessoal como também na esfera profissional. 

Os brinquedos e jogos sensoriais que ela fabrica e faz com sua filha são excelentes. Comprei vários. Até o próximo curso. 

sexta-feira, 29 de março de 2019

Estarei no congresso em Santa Catarina em outubro

Estou muito feliz de participar do congresso em Santa Catarina.

Vou participar da Oficina - Avaliação e Intervenção do TDAH no Hotel Bourbon no dia 03.10.2019.

E também das palestras do congresso durante os dias 03 até 05 de Outubro.

Hotel Reservado, passagens compradas e tudo pronto.

Esse ano não tive tempo de montar um projeto para expor, entretanto, o próximo com certeza irei expor.

Beijinhos 

sexta-feira, 1 de março de 2019

16 Brincadeiras para potencializar o cérebro das crianças

De acordo com  a neuropsicopedagoga Lidiane Leite, vivemos em uma geração que está sofrendo de intoxicação digital. “Muitas crianças estão imersas no mundo digital, ficando expostos a conteúdos tóxicos, agressivos e inadequados", explica.

”A falta de brincar prejudica muito o processo de aprendizagem. "A maior parte das crianças não está brincando e por isso elas não estão se desenvolvendo  corretamente. Durante a brincadeira, a criança está criando redes neurais, desenvolvendo suas bases psicomotoras, potencializando seu sistema sensorial e  melhorando suas habilidades auditivas e visuais”, ressalta.

A neuropsicopedagoga Lidiane Leite relacionou algumas brincadeiras que realiza em suas intervenções neuropsicopedagógicas.

01) Andar ou correr conforme o ritmo da música
02) Puxar ou empurrar objetos mais pesados
03) Encontrar o som tocando dentro do ambiente
04) Pisar em tapetes com diversas texturas
05) Livros como "Onde está Wally?
06) Jogo 7 erros
07) Atividades figura-fundo
08) Cabo de guerra
09) Estátua
10) Amarelinha
11) Pular corda
12) Soprar bolhas de sabão
13) Bambolê
14) Currupio
15) Cama de gato
16) Garrafa Sensorial

Segundo Noboru Ito Junior, professor e psicomotricista, o brinquedo é uma ferramenta necessária no processo de desenvolvimento da criança. "Através do brinquedo, a criança constrói inúmeras possibilidades. Entretanto, muitos brinquedos não são sinônimos de maior potencial de estímulo. Às  vezes, eles podem confundir as crianças e elas acabam não experimentando e aproveitando tudo que o brinquedo poderia dar”. O psicomotricista ainda lembra que os pais devem ter cuidado na hora de comprar o brinquedo."Para escolher os brinquedos devem se preocupar com alguns critérios, tais como: faixa etária, nível de habilidade da criança, brinquedos que contenham o selo com a marca do Inmetro."

A neuropsicopedagoga Lidiane Leite recomenda a todos os pais que reduzam o tempo do celular e brinquem mais com seus filhos."A solução não é tirar o celular, é dosar o tempo e brincar com eles em atividades que desenvolvam as bases psicomotoras e principalmente que estimulem o seu sistema sensorial", afirma.

"Crianças aprendem mais quando recebem estímulos sensoriais. Isso ocorre porque aprendemos e interpretamos tudo o que vemos, ouvimos e tocamos. A aprendizagem está diretamente ligada com nossos cinco sentidos. Em função disso, toda criança tinha que brincar e muito na primeira infância e não se preocupar em saber escrever o seu nome", conclui a neuropsicopedagoga.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

A fonoaudióloga Claudia Siqueira faz avaliação na clinica

Seu filho não está falando, está com gagueira. Cuide de quem você ama e marque um horário.

A fonoaudióloga Claudia Siqueira, Crfa-SP 9636 está fazendo avaliação na clínica com um preço incrível.  

São 4 sessões:
- Entrevista
- 2 sessões com a criança
- Devolutiva 

Não perca tempo e faça uma avaliação. Quanto mais cedo avaliar será melhor.

Beijos

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Na UNIP a aula é sobre: O impacto do sono na aprendizagem

Hoje, a aula foi sobre o impacto do sono na aprendizagem. 

Muitas crianças não conseguem memorizar e nem prestar atenção porque estão dormindo mal. Ou seja, não estão conseguindo consolidar as memórias na camada REN.

É preciso encaminhar para o otorrino toda criança que tenha os sinais de alterações do sono e também quando são respiradoras orais.

A criança que baba quando dorme, ronca, acorda toda hora e vive de boca aberta precisa fazer uma consulta com o otorrino.

Mais uma aula maravilhosa do curso de pós-graduação na UNIP, campus Paraíso. 

Muito feliz com a minha escolha do curso. Amando a neurociência aplicada na educação.