segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

FUI NA ESPANHA

FUI NA ESPANHA BUSCAR O MEU CHAPÉU
AZUL E BRANCO DA COR DAQUELE CÉU.
OLHA PALMA, PALMA, PALMA
OLHA PÉ, PÉ, PÉ
OLHA RODA, RODA, RODA
CARANGUEJO PEIXE É.
CARANGUEJO NÃO É PEIXE,
CARANGUEJO PEIXE É,
CARANGUEJO SÓ É PEIXE
NA VAZANTE DA MARÉ.
SAMBA CRIOLA QUE VEIO DA BAHIA
PEGA ESTA CRIANÇA E JOGA NA BACIA.
A BACIA É DE OURO, AREADA COM SABÃO,
DEPOIS DE TUDO PRONTO, ENXUGA NO ROUPÃO.
O ROUPÃO É DE SEDA,
CAMINHA DE FILÓ
QUEM NÃO PEGAR SEU PAR
FICARÁ PARA A VOVÓ.
A BÊNÇÃO VOVÓ, A BÊNÇÃO VOVÓ!
CRIOU LÊ LÊ
CRIOU LÊ LÊ LÁ LÁ CRIOULA LÊ LÊ
NÃO SOU EU QUE CAIO LÁ.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

O SAPO NÃO LAVA O PÉ

A PASSANDO NUMA PINGUELINHA
MEU CHINELINHO CAIU DO PÉ
OS PEIXINHOS RECLAMARAM:
QUE CHEIRINHO DE CHULÉ
O SAPO NÃO LAVA O PÉ
NÃO LAVA PORQUE NÃO QUER
ELE MORA LÁ NA LAGOA
NÃO LAVA O PÉ PORQUE NÃO QUER
MAS QUE CHULÉ!!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Boi da Cara Preta


Boi, boi, boi
Boi da cara preta
Pega esta criança que tem medo de careta

Não , não , não
Não pega ele não
Ele é bonitinho, ele chora coitadinho

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Samba Lelê

Samba Lelê está doente / Está com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisavaDe umas dezoito lambadas

Samba , samba, Samba ô Lelê
Pisa na barra da saia ô Lalá  (BIS)

Ó Morena bonita,  / Como é que se namora ?
Põe o lencinho no bolso /  Deixa a pontinha de fora

Ó Morena bonita /  Como é que se casa
Põe o véu na cabeça / Depois dá o fora de casa

Ó Morena bonitaComo é que cozinha
Bota a panela no fogo / Vai conversar com a vizinha

 

Ó Morena bonita
Onde é que você mora
Moro na Praia Formosa
Digo adeus e vou embora
 

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O Cravo e a Rosa

O Cravo brigou com a rosa
Debaixo de uma sacada
O Cravo ficou ferido
E a Rosa despedaçada.

O Cravo ficou doente
A Rosa foi visitar
O Cravo teve um desmaio
A Rosa pos-se a chorar.


REPETIR REFRÃO 1

REPETIR REFRÃO 2

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Ciranda Cirandinha

Ciranda Cirandinha
Vamos todos cirandar
Vamos dar a meia volta
Volta e meia vamos dar

O Anel que tu me destes
Era vidro e  se quebrou
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou

Por isso dona Rosa
Entre dentro desta roda
Diga um verso bem bonito
Diga adeus e vá se embora

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Pai Francisco

Pai Francisco entrou na roda
Tocando o seu violão
Bi–rim-bão bão bão, Bi–rim-bão bão bão !
Vem de lá Seu Delegado
E Pai Franciso foi pra prisão.
Como ele vem todo requebrado
Parece um boneco desengonçado

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Iindiozinhos

Um, dois, três indiozinhos
Quatro, cinco, seis indiozinhos
Sete, oito, nove indiozinhos
Dez num pequeno bote
Iam navegando pelo rio abaixo
Quando um jacaré se aproximou
E o pequeno bote dos indiozinhos
Quase, quase virou.


segunda-feira, 6 de abril de 2015

Nesta rua

Nesta rua, nesta rua, tem um bosque
Que se chama, que se chama, Solidão
Dentro dele, dentro dele mora um anjo
Que roubou, que roubou meu coração

Se eu roubei, se eu roubei seu coração
É porque tu roubastes o meu também
Se eu roubei, se eu roubei teu coração
É porque eu te quero tanto bem

Se esta rua se esta rua fosse minha
Eu mandava, eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante
Para o meu, para o meu amor passar

segunda-feira, 2 de março de 2015

A Barata diz que tem


A Barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata, ela tem é uma só
Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só !

A Barata diz que tem um sapato de veludo
É mentira da barata, o pé dela é peludo
Ah ra ra, Iu ru ru, o pé dela é peludo !

A Barata diz que tem uma cama de marfim
É mentira da barata, ela tem é de capim
Ah ra ra, rim rim rim, ela tem é de capim

A Barata diz que tem um anel de formatura
É mentira da barata, ela tem é casca dura
Ah ra ra , iu ru ru, ela tem é casca dura

A Barata diz que tem o cabelo cacheado
É mentira da barata, ela tem coco raspado
Ah ra ra, ia ro ró, ela tem coco raspado

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Escravos de Jó

Escravos de Jó jogavam caxangá
Tira, bota deixa o Zé Pereira ficar
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue za (bis)

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015