segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O SÍTIO DO SEU LOBATO

SEU LOBATO TINHA UM SÍTIO IA, IA, Ô!
E NO SEU SÍTIO TINHA UM CACHORRO, IA, IA, Ô!
Era AU, AU, AU PRA CÁ
ERA AU, AU, AU PRA LÁ
ERA AU, AU, AU, PRA TODO LADO, IA, IA, Ô!
SEU LOBATO TINHA UM SÍTIO IA, IA, Ô!
E NO SEU SÍTIO TINHA UMA GALINHA, IA, IA, Ô!
ERA COCORICÓ PRA CÁ
ERA COCORICÓ PRA LÁ
ERA COCORICÓ PRA TODO LADO, IA, IA, Ô!
SEU LOBATO TINHA UM SÍTIO IA, IA, Ô!
E NO SEU SÍTIO TINHA UMAVACA, IA, IA, Ô!
ERA MU, MU, MU PRA CÁ
ERA MU, MU, MU PRA LÁ
ERA MU, MU, MU PRA TODO LADO, IA, IA, Ô!
SEU LOBATO TINHA UM SÍTIO IA, IA, Ô!
E NO SEU SÍTIO TINHA UM PATO, IA, IA, Ô!
ERA QUÁ, QUÁ, QUÁ PRA CÁ
ERA QUÁ, QUÁ, QUÁ PRA LÁ
ERA QUÁ, QUÁ, QUÁ PRA TODO LADO, IA, IA, Ô!
IA, IA, Ô
IA, IA,Ô


segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PAPAGAIO LOURO

PAPAGAIO LOURO DE BICO DOURADO
MANDA ESSA CARTINHA PARA O MEU NAMORADO
SE TIVER DORMINDO, BATA NA PORTA
SE TIVER ACORDADO, DEIXA RECADO

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Alecrim

Alecrim, Alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A CANOA VIROU

A CANOA VIROU
POIS DEIXARAM ELA VIRAR
FOI POR CAUSA DE [FULANA]
QUE NÃO SOUBE REMAR.
SE EU FOSSE UM PEIXINHO
E SOUBESSE NADAR
EU TIRAVA [FULANA]
DO FUNDO DO MAR.
SIRI PRA CÁ
SIRI PRA LÁ
[FULANA] É BELA
E QUER CASAR.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

DONA ARANHA

DONA ARANHA / SUBIU PELA PAREDE
VEIO A CHUVA FORTE / E A DERRUBOU.
JÁ PASSOU A CHUVA / E O SOL JÁ VEM SURGINDO
E A DONA ARANHA / CONTINUA A SUBIR
ELA É TEIMOSA / DESOBEDIENTE
SOBE,SOBE,SOBE / NUNCA ESTÁ CONTENTE!


A dona aranha  / Desceu pela parede
Veio a chuva forte  / E a derrubou
Já passou a chuva   / O sol já vem surgindo
E a dona aranha / Continua a descer
Ela é teimosa / E desobediente
Desce, desce, desce
E nunca esta contente


segunda-feira, 7 de julho de 2014

PINTINHO AMARELINHO

MEU PINTINHO AMARELINHO / CABE AQUI NA MINHA MÃO,
NA MINHA MÃO.  / QUANDO QUER COMER BICHINHO
COM SEUS PEZINHOS / ELE CISCA O CHÃO.
ELE BATE AS ASAS / ELE FAZ PIU-PIU
MAS TEM MUITO MEDO É DO GAVIÃO.[BIS]


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Terezinha de Jesus

Terezinha de Jesus deu uma queda / Foi ao chão
Acudiram três cavalheiros / Todos de chapéu na mão

O primeiro foi seu pai / O segundo seu irmão
O terceiro foi aquele / Que a Tereza deu a mão

Terezinha levantou-se / Levantou-se lá do chão
E sorrindo disse ao noivo / Eu te dou meu coração

Dá laranja quero um gomo / Do limão quero um pedaço
Da morena mais bonita / Quero um beijo e um abraço

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Cai Cai Balão


Cai cai balão, cai cai balão
Na rua do sabão
Não Cai não, não cai não, não cai não
Cai aqui na minha mão !

Cai cai balão, cai cai balão
Aqui na minha mão
Não vou lá, não vou lá, não vou lá
Tenho medo de apanhar !

segunda-feira, 7 de abril de 2014

CAPELINHA DE MELÃO

CAPELINHA DE MELÃO

É DE SÃO JOÃO


É DE CRAVO, É DE ROSA 


É DE MANJERICÃO


SÃO JOÃO ESTÁ DORMINDO 


NÃO ACORDA NÃO! 


ACORDAI, ACORDAI, ACORDAI JOÃO!


segunda-feira, 3 de março de 2014

Peixo vivo

Como pode o peixo vivo / Viver fora da água fria
Como pode o peixe vivo / Viver fora da água fria

Como poderei viver / Como poderei viver
Sem a tua, sem a tua / Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua / Sem a tua companhia

Os pastores desta aldeia / Ja me fazem zombaria
Os pastores desta aldeia / Ja me fazem zombaria

Por me verem assim chorando / Por me verem assim chorando
Sem a tua, sem a tua / Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua / Sem a tua companhia

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Borboletinha

Borboletinha
Tá na cozinha
Fazendo chocolate
Para a vizinha
Poti, poti
Perna de pau
Olho de vidro
Nariz de pica pau


segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Passa, passa, Gavião,

Passa, passa, Gavião,
Todo mundo passa.
Os carpinteiros fazem assim,
Os carpinteiros fazem assim,
Assim, assim, Assim, assim.
Os cavaleiros fazem assim,
Os cavaleiros fazem assim,
Assim, assim, Assim, assim.
Os sapateiros fazem assim,
Os sapateiros fazem assim,
Assim, assim,
Assim, assim.