domingo, 26 de abril de 2020

Lidiane Leite fala sobre o resultado do estudo que a Unesco fez

Especialista diz que aprendizagem não se pode limitar apenas a internet e computador e ensina brincadeiras para estimular o cérebro das crianças.

Saiu recentemente um estudo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em colaboração com a União Internacional de Telecomunicações (UIT), que 826 milhões de estudantes não têm computador e 706 milhões não têm acesso à internet em casa.

Para a Neuropsicopedagoga Lidiane Leite, os pais não devem limitar a aprendizagem e os estudos apenas pela internet e computador. "Recomendo aos pais que não podemos e não devemos limitar os momentos de aprendizado e de desenvolvimento no computador e na internet. É preciso usar as nossas funções executivas para elaborar atividades multisensoriais com intencionalidade. Desta forma, com planejamento, método e organização você pode desenvolver habilidades visuais e auditivas, estimular as funções cognitivas e amadurecer as bases psicomotoras."

Segundo Lidiane, os pais precisam aproveitar esse momento da quarentena para se aproximar mais dos filhos. " Sugiro aos pais que na rotina que estão elaborando,separarem momentos familiares, para enaltecerem os vínculos afetivos e familiares. Aproveitarem que o ritmo diminuiu e estão em casa para ficarem alguns minutos brincando com as crianças."  
De acordo com a Neuropsicopedagoga Lidiane Leite, para desenvolver melhor o cérebro, os pais  devem mudar o jogo ou mudar a forma de jogar."Sempre nos cursos e nas palestras,  alerto aos pais e professores que  podem brincar com o mesmo jogo todo dia, não precisa mudar a brincadeira ou brinquedo. O que precisa fazer é incluir novas regras, mudar o cenário,  ou seja brincar diferente. O nosso cérebro gosta de ser desafiado. Precisamos tirar as crianças da zona de conforto."

"Para estimular mais ainda o nosso cérebro, é interessante criar uma rotina multisensorial. Trabalhar todos canais sensoriais, ampliando a percepção das crianças. Devemos trabalhar o tato, paladar e o olfato" finaliza  Lidiane Leite.



quarta-feira, 1 de abril de 2020

Neuropsicopedagoga Lidiane Leite dá dicas na rádio Trianon Am



A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite, deu uma entrevista na Rádio Trianon AM, dentro do programa “Metrópole em Foco", apresentado pelo meu amigo Jornalista Pedro Nastri. 

A especialista deu dicas para os pais de como agir e o que fazer com as crianças na pandemia. Disse também que o momento exige calma, resiliência e serenidade. Ela explicou que os pais precisam ter calma, paciência e serenidade para não assustar as crianças e poder direcionar elas para o melhor caminho. 

Durante a entrevista, Lidiane deu dicas para lidar com as crianças no isolamento social ensinou brincadeiras, indicou brinquedos e sugeriu atividades em família. 

Lidiane alertou os problemas de saúde e de aprendizagem que as crianças estão tendo por causa do uso em excesso do celular.

A Neuropsicopedagoga Lidiane Leite finalizou dizendo que considera importante nesse momento enaltecer os laços familiares com momentos em família. 

"Eu adorei participar do programa. Foi uma alegria enorme conversar com Pedro Nastri. Ele é um grande amigo. Tenho pelo Pedro Nastri uma enorme admiração e respeito. Para quem não conseguiu escutar a entrevista, disponibilizamos o áudio. Abraços para todos "